terça-feira, 21 de setembro de 2010

jogo de dardo

Detetive. Corda. Master System. Dynavision. Pingue-pongue. Carro-choque. Saudade. Quando criança eu não entendia porque os adultos diziam que eu deveria aproveitar a minha fase, que tudo mudaria quando eu crescesse. O que eu mais queria era crescer porque eu pensava que não iria mudar. Bobice minha. Depois de adulto, o ser humando continua mudando. Nada é estável, e não seria diferente com a personalidade. Não sei sobre você, mas quanto a mim, tenho uma personalidade maleável para me adequar as situação críticas. Estou em uma, inclusive. Mas já já fica tudo bem. Tudo azul. Domingo foi um dia de good news. Não será diferente nesta semana. Só notícias boas. Deus tem uma encomenda pra mim com um tope azul marinho, coisa mais linda - o conteúdo.

Complexidade para apresentar quinta-feira. Sexta tá tranquilo, apresentação do projeto de monografia já foi. E o carinha lá também se foi. Sabe, falta sensibilidade em uns e sobra em outros. O jeito é ficar alone - assim como o dardo azul no meu jogo.



"Algo grandioso está para acontecer." Comercial da Warner

"O que há de melhor numa coisa nova é aquilo que satisfaz um desejo antigo." Paul Valéry

0 blábláblá:

Postar um comentário