sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Asqueroso

Deveria ter ido. Pego a sua trouxa e suas malas. Não o fez. Tarde demais. A trouxa vai saber das tuas trouxices. Não me culpe. São as consequencias desse teu joguinho porco de se fazer ser quem nunca foi. Agora é a minha vez de jogar sujo. Estrategicamente, você está ferrado. Vou empatar esse jogo e você vai sair perdendo.

Não me importa que não tenha efeito. Mas eu gosto de esclarecer tudo a quem tem direito de saber. A quem você faz questão de esconder quem você é.

Lastimável, meu caro. Eu gostava tanto de você.
E me faz um favor: desapareça.


"Na vingança e no amor a mulher é mais bárbara do que o homem." Friedrich Nietzsche

"Em todo caso, deseje o mal de volta pra pessoa. Não por vingança. Só pra ver se ela é forte como você." Desconhecido

"Você usa tanto uma máscara que, acaba esquecendo de quem você é." V de Vingança


0 blábláblá:

Postar um comentário