quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Plurais felicidades

Minha satisfação ontem horas antes de dormir era tamanha que minha memória me boicoteou. Sim, eu esqueci que tenho blogs e assuntos para mantê-los. Preciso me perdoar por tal relapso.

Por pouco fico um mês sem postar algo aqui, mas isso não significa em hipótese alguma descaso ou falta de ter o que contar. Bem pelo contrário, tenho tido dias (e noites) merecedores (as) de muitos caracteres e linhas. Parágrafos e afins. Para tanto, estou aqui. Feliz, sim, como há tempos não experimentava essa sensação.
Talvez você se pergunte de onde provêm tanta felicidade. Eu poderia responder de maneira nostálgica, sentimentalista ou racional. Tenho felicidades e para cada uma sua explicação. Mas por agora, estou feliz por me permitir ser feliz mais dias da semana por motivos minúsculos e outros deveras importantes. Feliz com a vida que melhorou, apesar de ainda não ter emprego. Feliz com a maneira que tenho visto a vida, apesar de saber que logo mudarei novamente de olhar - sem deixar de vê-la com bons olhos. Feliz com o jeito que tenho encarado as pessoas, apesar de que elas não têm feito o mesmo comigo. Feliz com a minha sociabilidade, apesar de não sair de casa pra muita coisa. Feliz com as palavras que tenho proliferado, apesar de ainda não ter soltado nem metade do que tenho na minha metralhadora. Feliz pela sua demora e pela minha paciência, afinal ontem deu tudo certo. E graças, era a minha bendita quarta-feira, a minha sorte.


"Felicidade é ter o que fazer, ter algo que amar, e algo que esperar."  Aristóteles

"É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita. Eu chamo isto de estado agudo de felicidade." Clarice Lispector

 "A felicidade consiste, sobretudo, em querer ser o que se é." Erasmo de Rotterdam

"Ando com uma felicidade doida consciente do fugaz, do frágil." Caio F. Abreu